quarta-feira, 30 de setembro de 2015

«Divulgação» - Festas Nagosa 2015


Foto enviada por António Santos.

«Desporto» - Supertaça AF Viseu

No próximo dia 3 de Outubro de 2015, pelas 17:30 horas, no Estádio Municipal do Fontelo e, integrado no calendário de provas da A. F. Viseu, vai proceder-se à realização do jogo da Supertaça de Futebol Masculino 2014 entre as equipas do C.D.R Moimenta da Beira e do Sport Clube Paivense.  
A Direcção do CDR Moimenta da Beira tem a Honra de convidá-los, a estarem presentes no referido evento.


segunda-feira, 28 de setembro de 2015

«Notícia» - Acção de Sensibilização

A Secção de Programas Especiais do Destacamento Territorial de Moimenta da Beira sensibilizou, dia 28 de setembro, os condutores de tratores para os cuidados a ter na utilização dos mesmos. Esta ação decorreu no Cooperativa Agrícola do Távora, em Moimenta da Beira e foi acompanhada pela equipa de reportagem da SIC.
Fonte: GNR.pt




Reportagem SIC:
video

domingo, 27 de setembro de 2015

«Divulgação» - Cabaços e Moimenta da Beira acolhem novo Pároco: Pe. Diamantino

A paróquia de St. Adrião de Cabaços e de S. João Baptista de Moimenta da Beira acolheram festivamente o Padre Diamantino José Alvaíde Duarte que, chegado de Roma, se junta agora ao Padre Manuel Adelino Abrunhosa, pároco daquelas comunidades há 27 anos. A apresentação foi feita pelo nosso Vigário Geral, Mons. Joaquim Rebelo que, em ambos os locais presidiu à Eucaristia. Em Moimenta da Beira, porque foi à tarde, estiveram outros sacerdotes vizinhos, bem como o Arcipreste e Vice-Arcipreste deste arciprestado que engloba as zonas pastorais de Moimenta da Beira, Sernancelhe e Tabuaço.
A igreja matriz encheu-se com fiéis daquela paróquia, mas também com familiares e amigos vindos de outros locais. Os mais novos exibiram um cartaz de boas-vindas e alguém proferiu palavras de acolhimento e alegria, terminando com oferta de flores ao Pe. Diamantino, ao Pe. Manuel e a Mons. Joaquim. O Vice-Arcipreste, Pe. Jorge Giroto, leu a Provisão episcopal que nomeia o Pe. Diamantino para estes espaços, com a missão de moderador, numa equipa sacerdotal “in solidum” que conta com o Pe. Manuel Adelino.
Na homilia, após ter comentado o texto evangélico do dia e depois de ter exortado os fiéis à atitude de serviço recomendada pelo Senhor, Mons. Joaquim Rebelo agradeceu o esforço e dedicação do Pe. Manuel e justificou a nomeação do Pe. Diamantino para este espaço.
Nesse sentido, disse, a opção foi ditada pela vontade de dinamizar esta comunidade, levando-a a “reencontrar a centralidade perdida”, aproveitando a localização estratégica e tornando-a uma referência para esta região diocesana. A diocese confia à nova equipa agora constituída um estatuto semelhante ao de uma “task force”, uma força operacional capaz de crescer e irradiar para outras zonas. A missão não será fácil, mas o objectivo é fazer desta populosa vila um centro dinâmico e dinamizador. Para isso, concluiu, será necessária a presença e disponibilidade de todos os moimentenses.
No final da celebração, o Pe. Diamantino teve uma palavra para todos os presentes e manifestou a sua vontade e empenho em corresponder às espectativas e mostrando-se disponível para servir todos.
JD, in Voz de Lamego, ano 85/43, n.º 4330, 22 de setembro

«Desporto» - Resultados AF Viseu




sexta-feira, 25 de setembro de 2015

«Expodemo 2015» - Mais Notícias

Secretário de Estado da Alimentação preside à cerimónia de inauguração

Nuno Vieira e Brito, Secretário de Estado da Alimentação e da Investigação Agroalimentar, é o membro do Governo da República Portuguesa que presidirá à cerimónia de inauguração da “Expodemo – Mostra de Produtos, Actividades e Serviços da Região”, às 18 horas de sexta-feira, 25 de setembro, em frente aos Paços do Concelho, em Moimenta da Beira.

O presidente da Câmara Municipal, José Eduardo Ferreira, aproveita o ensejo para convidar toda a população a participar na respectiva cerimónia e no restante programa que inclui a visita ao recinto do certame.

O convite público estende-se ainda, naturalmente, ao envolvimento e associação de todos em todas as actividades e momentos dos três dias da Expodemo. 





Jornadas Agro-Frutícolas prestam tributo a Cartageno Ferreira

É uma manhã de homenagem a António Júlio Cartageno Ferreira, um ‘sábio’ e investigador agrícola das regiões Douro e Beiras, há mais de meio século. As Jornadas Agro-Frutícolas com o seu nome é o tributo que o município de Moimenta da Beira lhe presta desde a primeira edição da Expodemo, em 2012.

No sábado, 26 de Setembro, a partir das 9h30, no auditório municipal, o programa de trabalho das jornadas aborda, em dois painéis, três temas da actualidade: “Contributo do Enoturismo para o des envolvimento regional”, por Joaquim Gonçalves Antunes, académico, professor do Instituto Politécnico de Viseu; “O impacto socioeconómico dos vinhos na região Távora-Varosa”, por Vítor Pereira, gestor da Cooperativa Agrícola do Távora; e “Fruticultura, novas tendências”, por Augusto Ventura Assunção, da Direcção Regional de Agricultura e Pescas.

Abre a sessão o presidente da Câmara Municipal de Moimenta da Beira, José Eduardo Ferreira, e o homenageado intervém logo a seguir.

As jornadas são públicas, o convite é extensivo à população em geral. 





Concerto de Paulo de Carvalho encantará primeira noite da Expodemo

A viver uma excelente fase criativa, Paulo de Carvalho pisará o palco Expodemo, em Moimenta da Beira, esta sexta-feira, 25 de Setembro de 2015, às 22 horas, para um espectáculo único acompanhado pela sua banda. O concerto é gratuito.

Com uma voz plena de personalidade e um timbre único, o artista confere a todas as suas músicas um cunho próprio, o que o leva a descobrir e a cruzar géneros e influências musicais.
As canções de Paulo de Carvalho "E Depois do Adeus", "Os Meninos do Huambo", "10 Anos", "Gostava de Vos Ver Aqui", "O Meu Mundo Inteiro", "Nini dos Meus 15 Anos", "Mãe Negra", são alguns dos temas que serão revisitados, envolvendo o público e levando-o a recordar.

Um nome incontornável da música portuguesa e um espectáculo inesquecível!


Fonte: CMMB


terça-feira, 22 de setembro de 2015

«ExpoDemo 2015» - Várias Notícias


Iguarias de Paulo Cardoso, ‘chef’ da Casa da Ínsua

É ‘chef’ da Casa da Ínsua e ‘chef’ da Visabeira Turismo, e vai estar em Moimenta da Beira durante a Expodemo, de 25 a 27 de setembro, a cozinhar no espaço da “Fumeiros Terras do Demo”, no Largo das Tílias (Comandante José Requeijo), num showcooking predominantemente de receitas feitas à base de maçã e espumante, dois produtos ícones da região de Moimenta da Beira que o certame continuará a exaltar incansavelmente.

Iguarias únicas que vão poder ser degustadas:

- Maçã glaceada com cremoso de enchidos e tataki de salmão
- Mil-folhas de maçã com brás de alheira e ovo de codorniz
- Salpicão com espumante
- Crocante de alheira com chutney de maçã
- Duo de maçã e chouriço picante com bacalhau em lascas e “falso” crumbel de enchidos

O plano para sessões de trabalho pode ainda incluir a confecção de outros pitéus incomparáveis:

- Espuma de maçã com morcela corada
- Estaladiço de alheira
- Palmiers de presunto e mostarda
- Sushi de alheira
- Tomate cherry com pasta de enchidos
- Maionese de chouriço com salmão confitado
- Ameixa com bacon em rodela de pepino fininho
- Canapé de: Alheira/morcela com maçã laminada
- Risoto de morcela com grelos
- Pernil salteado com cebola e pimento da horta
- Cremoso de enchidos
- Dueto de maçã e espinafres com Trilogia de enchidos
- Bacalhau com crosta de enchidos
- Fofo de maçã, fofo de abóbora.

- Mousse de lima, salpicão e maçã




Caixa Agrícola do Vale do Távora e Douro parceiro principal

A Caixa de Crédito Agrícola do Vale do Távora e Douro volta a ser o parceiro principal da “Expodemo – Mostra de Produtos, Actividades e Serviços da Região” que se realiza em Moimenta da Beira já esta sexta, sábado e domingo, 25, 26 e 27 de setembro, respectivamente.

A aposta na parceria, que se saúda efusivamente, já se repete desde a primeira edição do certame, em 2012, e é uma prova da importância que a instituição bancária confere à Expodemo, feira que tem vindo a impor-se como uma das maiores e mais inovadoras da região, que alia a cultura, mesmo a mais eru dita, aos produtos endógenos, como a maçã, o vinho e espumante, os granitos, os enchidos, etc.

O grupo bancário, que conta actualmente com uma rede de 13 agências, três delas no concelho de Moimenta da Beira, e que é a maior caixa agrícola do distrito de Viseu, e ocupa o 9º lugar a nível nacional, está presente também nos municípios de Aguiar da Beira, Armamar, Penedono, Sernancelhe, Tabuaço e Trancoso, área de influência da Expodemo. E é constituída por uma equipa de cerca de 55 colaboradores.

A Caixa de Crédito Agrícola Mútuo do Vale do Távora e Douro, fruto de vários processos de fusão, tem agências originárias do ano de 1926, “tendo-se sempre orientado para melhorar a qualidade de vida da população local onde se insere”. Tem um cariz regional, sendo os seus associados oriundos das Terras do Demo e pretende ser o único " Banco da Agricultura".

Um sublinhado para a Fundação da Caixa Agrícola (IPSS) que tem tido um papel activo no desenvolvimento dos jovens carenciados com atribuição de bolsas de estudo bem como a satisfação de necessidades a idosos isolados.





Nuno Eiró, Leonor Poeiras e Mónica Jardim apresentam “Somos Portugal” em Moimenta da Beira

No domingo, 27 de setembro, último dia da “Expodemo – Mostra de Produtos, Actividades e Serviços da Região”, Nuno Eiró e Leonor Poeiras (no palco) e Mónica Jardim (repórter de exteriores) são os apresentadores de serviço do programa “Somos Portugal”, da TVI, que será transmitido em directo de Moimenta da Beira para o mundo inteiro, entre 14 às 20 horas.

É o programa de entretenimento das televisões portuguesas mais visto no país, com picos de audiência que às vezes atingem mais um milhão de telespectadores, e que está em Moimenta d a Beira, por causa da Expodemo, pela terceira vez consecutiva.

Fonte: CMMB

domingo, 20 de setembro de 2015

«ExpoDemo 2015» - Notícias e Informações úteis

Certame obriga ao corte de trânsito
Clique na imagem para ampliar
A gestão da logística que implica a montagem de mais de 130 expositores (stands com várias dimensões) e de outras infraestruturas físicas em redor dos Paços do Concelho e em várias artérias da vila de Moimenta da Beira, para a realização da “Expodemo – Mostra de Produtos, Actividades e Serviços da Região”, que se realizará nos dias 25, 26 e 27 de setembro, vai obrigar à interrupção de trânsito rodoviário, entre os dias 22 e 28, na Avenida 25 de Abril (Estrada Nacional 226), entre os Bombeiros Voluntários e o Salão de Chá “A Praceta”; na Rua Aquilino Ribeiro; Praceta Fernão de Magalhães; e Rua General Humberto Delgado, até à rotunda da Central de Camionagem.
Os vários circuitos alternativos estão referenciados no mapa anexo com cores diferentes, para melhor orientação, como convém. 
Pelo facto, solicita o presidente da Câmara Municipal de Moimenta da Beira, que superintende a organização do certame, a melhor compreensão de todos os ut ilizadores destas vias, apresentado, desde já, desculpas por quaisquer constrangimentos que a situação possa causar.

Expositores já começaram a ser montados
Ainda falta uma semana e um dia para a abertura da Expodemo - Mostra de Produtos, Actividades e Serviços da Região, que se realizará de 25 a 27 de setembro, em Moimenta da Beira, mas o elevado número de expositores (mais de 130) obriga a que o trabalho de montagem comece tantos dias antes.
Por isso, esta quinta-feira, 17 de setembro, a equipa iniciou já a operação de armação dos stands nos espaços do recinto que não implicam ainda a interrupção de trânsito rodoviário.
É a Expodemo já a construir-se e a tomar forma no terreno, que será de encantos e de emoções!

Prova de Vinhos junta 19 produtores do Douro, Dão e Távora-Varosa
Produtores de vinho de três regiões demarcadas (Douro, Dão e Távora-Varosa) vão juntar-se na Expodemo, em Moimenta da Beira, de 25 a 27 de setembro, para dar a provar o melhor dos néctares que produzem nas suas quintas. Serão 19 ao todo. A essência do certame é a maçã, mas o vinho também tem força e identidade histórica.
A prova dará lugar a uma conversa aberta sobre vinhos, na sexta-feira, às 19h30, que será dinamizada por Fernando Melo, um dos mais conceituados e conhecidos críticos de vinhos e gastronomia do nosso país, colaborador da “Revista de Vinhos” e da “Wine – A Essência do Vinho”. A ideia é que da conversa nasça um “Clube de Vinhos” que agregue e aproxime as três regiões.
O programa inclui ainda a visualização, durante os três dias do certame, de um vídeo que foi feito nas quintas e suas envolvências, ouvindo os produtores e a explicação de cada um dos vinhos que vão estar expostos. 
Na prova, que contará com a colaboração dos alunos do curso de Mesa e Restauração da Escola Profissional de Moimenta da Beira, o Douro marca presença com oito marcas, o Dão com sete e o Távora-Varosa com quatro. 
Douro
Quinta do Infantado (Pinhão)
Quinta do Filoco (Tabuaço)
Casa do Brasão (Barcos, Tabuaço)
Niepoort (Santo Adrião, Armamar)
Caves da Raposeira (Lamego)
Quinta da Foz (Pinhão)
Vinhos h’OUR (Barcos, Tabuaço)
Quinta da Carregosa (Balsa do Douro, Desejosa, Tabuaço)

Dão
Pedra Cancela (Oliveira de Barreiros, Viseu)
Terras de Tavares (Quinta da Boavista, Penalva do Castelo)
Quinta do Perdigão (Pindelo de Silgueiros, Viseu)
Quinta da Fata (Vilar Seco, Nelas)
Quinta dos Monteirinhos (Moimenta de Maceira Dão, Mangualde)
Quinta Mendes Pereira (Oliveira do Conde, Carregal do Sal)
Casa de Mouraz (Mouraz, Tondela)

Távora-Varosa
Cooperativa Agrícola do Távora (Moimenta da Beira)
Caves da Murganheira (Ucanha, Tarouca)
Espumantes Boa Parte (São Cosmado, Armamar)
Quinta das Cepas (Fonte Arcada, Sernancelhe)

Fonte: CMMB

terça-feira, 15 de setembro de 2015

«1ª Página» - Jornal Terras do Demo

(clique na imagem para ampliar)

«Desporto» - Jogos do CDR


«Alerta» - Previsão de temporal esta terça e quarta-feira

Os dados mais recentes mostram que o dia desta terça-feira e a madrugada para quarta, dias 15 e 16, deverão ser afectados pela passagem de uma depressão ativa, que deverá trazer neste período vento por vezes forte e bastante precipitação. A previsão é da Ibermeteo.

Assim, entre o final da manhã de terça e a madrugada de quarta, espera-se vento por vezes forte e com rajadas que podem atingir os 80-90 km/h, sendo que nas zonas mais altas da região, como S. Martinho, Alvite, Peravelha, Paraduça, Caria, S. Torcato e Serra de Leomil, os valores de rajada máxima poderão aproximar-se dos 100 a 110 km/h.

Quanto à precipitação, esta poderá também ser algo intensa, sobretudo na noite de terça para quarta, período em que se podem verificar acumulados superiores a 10 ou mesmo 20 mm em menos de 3 horas. O acumulado total, em 48 horas, entre terça e quarta-feira também deverá ser elevado e poderá rondar/superar os 50 mm.

Tendo em conta este padrão, recomenda-se especial atenção e cuidado para os efeitos adversos que poderão ser causados pelo mau estado do tempo, tais como a possibilidade de queda/voo de ramos, objectos soltos/em suspensão, por ação do vento forte previsto. Especial atenção igualmente para a precipitação que, podendo registar acumulados elevados em períodos de tempo relativamente curtos, poderá causar algumas inundações.


sábado, 12 de setembro de 2015

«Desporto» - CDR - Jogo de apresentação


(clique na imagem para ampliar)

«Divulgação» - Fundação com acesso gratuito nos 130 anos de Aquilino Ribeiro

A Fundação Aquilino Ribeiro, em Soutosa, Moimenta da Beira, comemora os 130 anos do escritor abrindo as portas, de forma gratuita, para visitas individuais ou em grupo, na semana d e 13 de setembro (dia de nascimento do mestre) a 18, dia em que é promovida, a partir das 18h30, a tertútilia “Falar Aquilino”, com o neto do escritor, Aquilino Machado, e os aquilinianos Alberto Correia e Paulo Neto.

As visitas, individualmente ou em grupo, devem ser agendadas pelo contacto telefónico 232 607 293 ou via email para fundacaoaquilinoribeiro@gmail.com.

A iniciativa, além da Fundação, cabe igualmente às três câmaras municipais que compõem o seu Conselho de Administração: Moimenta da Beira, Sernancelhe e Vila Nova de Paiva. 
Fonte: CMMB

«ExpoDemo 2015» - Notícias

Expodemo: inscrições fechadas para aluguer de expositores

São mais de 130. O recorde foi batido. Nunca tantos agentes económicos e institucionais se inscreveram para estar presentes no certame, ocupando um ou mais expositores.
A ‘corrida’ à reserva de stands atingiu o limite e obrigou ao fecho das inscrições. O recinto da Feira está lotado, facto que vem confirmar e demonstrar a importância, cada vez maior, da Expodemo como montra de negócios de produtos e serviços da região de Moimenta da Beira. Tanto mais que, nesta edição, marcarão presença, para encontro com empresários, representações da Aicep (Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal) e das Embaixadas da China e do Brasil.
O certame vai realizar-se, de 25 a 27 de setembro, pelo quarto ano consecutivo, e afirma-se assim, com acrescido vigor, uma mais-valia para os produtos de excelência reconhecida, como é o caso da maçã, dos vinhos e espumantes, do fumeiro e enchidos, dos granitos, etc.




Expodemo: a melhor programação para o maior evento da região

Três dias, três palcos, nove concertos, entre eles o de Paulo Carvalho e da sua banda, quatro dj´s, dezenas de acordeonistas, um espectáculo de teatro com coreografias aéreas, pleno de sensualidade e sedução, e uma tarde de seis horas de televisão em directo com o “Somos Portugal” da TVI. É apenas uma pequena parte do programa da “Expodemo – Mostra de Produtos, Actividades e Serviços da Região” que se vai realizar nos dias 25, 26 e 27 de setembro no casco urbano de Moimenta da Beira, entre o casario tradicional da vila, mas flanqueado de espaços verdes, jardins e canteiros floridos, vizinhos de árvores frondosas e centenárias, enraizadas na praceta que ladeia o edifício dos Paços do Concelho, também ele centenário.
No recinto do certame (14 mil metros quadrados), que é o mais internacionalizado de todas as três edições já realizadas (teatro espanhol, graffiter italiano, diplomatas chineses e brasileiros e música de Angola), mais de 130 expositores ocupados por agentes económicos e institucionais, estarão a fazer e a estabelecer negócios, porque a Expodemo pretende ser, cada vez mais, uma organização de pendor transaccional.
No espaço da feira, que tem a maçã como uma das âncoras nucleares, um sublinhado ainda para a prova de vinhos que juntará um número recorde de produtores das regiões Távora-Varosa, Douro e Dão (19 no total). O vinho passou a ser também uma aposta forte do evento que se afirma uma mais-valia para os produtos endógenos de excelência reconhecida, como é o caso, uma vez mais, da maçã, dos espumantes, do fumeiro e enchidos, dos granitos, etc.

PROGRAMA

25 setembro (sexta-feira)
14h30 – Diplomacia Externa
. Representações da Aicep e das Embaixadas da China e Brasil
. Encontro com empresários
18h00 – Abertura oficial da Expodemo
. Visita à Feira
19h00 – Inauguração da exposição “Inscrituras: Aquilino”, de Pedro Albuquerque
. Átrio dos Paços do Concelho
19h30 – Prova de vinhos das regiões Távora-Varosa, Douro e Dão
. Conversas sobre vinhos (Largo das Tílias)
19h30 – Prova de maçãs (Largo das Tílias)
21h15 – “Orquestra Cem Notas” (palco Crédito Agrícola)
22h00 – Concerto Paulo de Carvalho (Palco Expodemo)
00h00 – “Apple Party I”/Dj’s (palco Écomarché)

26 setembro (sábado) - Dia Crédito Agrícola
10h00 – Abertura dos expositores
10h00 – Jornadas Agro-Frutícolas Engº. Cartageno Ferreira
16h00 – Festival de acordeão Victor Ferreira I
17h00 – Grupo de Cantares da Autarquia (Palco Écomarché)
22h00 - “Station” por Companhia de Teatro Voalá
. Teatro e coreografias aéreas (palco Crédito Agrícola)
23h00 – Concerto “Ponto Cruz” (palco Écomarché)
01h00 - “Apple Party II”/Dj’s (palco Écomarché)

27 setembro (domingo)
09h30 – VIII Capítulo da Confraria Gastronómica da Maçã Portuguesa
10h00 - Abertura dos expositores
10h30 – Mega-treino de karaté (palco Crédito Agrícola)
14h00 – Programa “Somos Portugal”, da TVI
16h00 – Festival de acordeão Victor Ferreira II
20h00 – Final do programa “Somos Portugal” e encerramento da Feira
Ao longo dos três dias outras actividades decorrerão no recinto da Feira:
. Prova de maçãs; Prova de vinhos das regiões Távora-Varosa, Douro e Dão; Estátuas-vivas; ‘Yellow Sessions’ - Concertos de música com sons de Angola (Firmino Pascoal), Brasil (Léo Diniz) e Portugal (Hugo ´Pé Descalço’, Carlos Clara Gomes, André Viegas e Rodrik); Graffiter (Gennaro Madonnari); Marias Malucas, romeiras de Portugal; Espaço infantil; Showcooking pelo ‘chef’ Paulo Cardoso e Tasquinhas com gastronomia regional.

 (clique na imagem para ampliar)

terça-feira, 8 de setembro de 2015

«Região» - Detido por posse ilegal de armas e tráfico de droga

Militares do Núcleo de Investigação Criminal do Destacamento Territorial de Moimenta da Beira, apoiados por militares da Unidade de Intervenção e do Destacamento Territorial de Peso da Régua, detiveram ontem, dia 07 de Setembro, um indivíduo pela prática do crime de posse ilegal de armas e tráfico de produtos estupefacientes.
 
A detenção ocorreu na sequência de várias diligências de investigação criminal no âmbito de processos por furtos em interior de residências, levadas a cabo na localidade de São João da Pesqueira e Peso da Régua, entre as quais a realização de três buscas em acampamento na cidade da Régua, que culminaram com a apreensão de uma arma de fogo, uma espingarda de caça e 11 doses de heroína. O detido, de 37 anos, vai ser presente a primeiro interrogatório Judicial, ainda durante o dia de hoje.
Fonte: GNR.pt

«ExpoDemo 2015» - Artista plástico italiano pinta ‘buraco negro’ no chão de Moimenta

Vem de Nápoles, Itália, para mostrar o mundo colorido, muitas vezes irreal, da Arte de Rua (Street Art). Em Moimenta da Beira, durante os três dias da Expodemo, 25, 26 e 27 de Setembro, Gennaro Madonnari pintará um ‘buraco negro’, em 3 dimensões (3D), no chão do recinto da feira, usando a técnica de pastéis suaves.

Recriará no pavimento, aposta em telas, aquela imagem realista, quase surrealista, fantástica e interactiva, que cativará o público durante o processo de elaboração. A pintura de rua é uma antiga tradição italiana que foi trazida para Paly por Morton, co-presidente da Art Club.

A “Expodemo - Mostra de Produtos, Actividades e Serviços da Região”, vai realizar-se pelo quarto ano consecutivo. É um certame que pretende, desde a sua génese, fazer o elogio ao labor do território que serve, e prestar tributo aos milhares de produtores, agentes económicos e outras forças vivas do concelho que, apesar da difícil conjuntura, criam todos os dias mais-valia ao disponibilizarem no mercado serviços e produtos de excelência reconhecida, como é o caso da maçã, dos vinhos e espumantes, do fumeiro, dos granitos… associando, a toda essa dinâmica, a cultura na sua essência mais pura e diferenciadora.

Fonte:CMMB

domingo, 6 de setembro de 2015

«Expodemo 2015» - Pedro Albuquerque desenha Aquilino

Uma exposição de 40 desenhos a tinta-da-china, de Pedro Albuquerque, sobre Aquilino Ribeiro e o seu mundo plasmado em quatro facetas da sua obra e vida (erótica, antropológica, cinética e etológica), vai ser inaugurada no dia da abertura da “Expodemo – Mostra de Produtos, Actividades e Serviços da Região”, 25 de setembro, ao fim da tarde, no átrio dos Paços do Concelho, em Moimenta da Beira. É o lado de forte cunho cultural do certame (25 a 27 de setembro) que desde a primeira edição associa a cultura aos produtos e recursos endógenos da região.

Pedro Albuquerque, que doou “Inscrituras: Aquilino” (é como se chama o conjunto dos 40 desenhos que vão estar expostos até 9 de outubro) ao Centro de Estudos Aquilino Ribeiro (CEAR) , nasceu em Viseu em 1953. Martim Gouveia, fala dele como artista plástico “original, polifacetado, heterogéneo, notável. performativo, intimista, libertário, prolixo, incontido, comunicativo, genuíno e inconformista”.

Imperdível a visita ao mundo de facetas várias, múltiplas aparências, características e atributos de mestre Aquilino Ribeiro, escritor-maior, inventor das Terras do Demo, espaço geográfico e sentimental que enlaça Moimenta da Beira. 
Fonte: CMMB

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

«Expodemo 2015» - Concertos de música de Angola, Brasil e Portugal

Na música, tal como na economia e nos negócios, com as representações, a alto nível, das embaixadas da China e do Brasil, e da Aicep (Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal), a “Expodemo – Mostra de Produtos, Actividades e Serviços da Região”, que se realiza em Moimenta da Beira de 25 a 27 de setembro de 2015, abre-se ao mundo cada vez mais. 

Em baixo, breves biografias dos seis músicos.
São seis músicos em concertos a solo pelo recinto da Expodemo, em palcos improvisados, dias 25 e 26 de setembro. Vão actuar para deslumbrar o público com sons de Angola, do Brasil e de Portugal, sons e ritmos muitas vezes alternativos, originais, intensos, que brilham e fazem bem à alma.

Firmino Pascoal (Angola) - Nasceu no Dondo, cidade a 180 km de Luanda, Angola, e é músico desde menino. Começa pelo canto, depois a paixão pela percussão, prosseguindo e desenvolvendo a sua carreira como músico e autor de música de raiz étnica africana com o projecto ‘Lindu Mona’, cruzando as sonoridades da sua infância africana com as da sua adolescência europeia. Embora tenha começado a cantar sons mais pop, a atenção musical direcciona-se para o afro music. “Uma parte de mim está ligada à música portuguesa, seja ela folclore ou não”, conta Firmino Pascoal, ‘fiz rock sinfónico na génese do rock cantado em português e isto numa altura em que se ouvia Genesis, Pink Floyd, Janis Joplin, Jimmy Hendrix, Tina Turner ou Diana Ross”. Mas por ser um angolano na diáspora, Firmino vê necessidade de impor na sua música referências à sua terra natal embora tenha um gosto musical alargado. 

Hugo "Pé Descalço” (Portugal) - Tem um projecto a solo onde tenta passar todo o feeling do blues, batendo o pé, abanando a cabeça e fazendo expressões faciais típicas do músico que sente o que o seu instrumento diz. Hugo Silva acredita que a música deve ser dançada, sentida, transcendendo tanto o homem como o instrumento. Corre atrás do mesmo sentimento que lhe permite viajar, passando de mero homem a algo mais. Da pele de galinha, do movimento incessante do seu corpo e do pormenor que torna algo único. Através da guitarra, voz, harmónica e stompbox, este one-man band, tenta isto tudo sempre num tom descontraído. É uma viagem em constante mutação, é estar descalço porque se sente o chão que se pisa, é a partilha, é ter o rock cá dentro e ter que o libertar. É uma biografia metafórica porque torna tudo mais bonito. Assim o é também com a música.

Léo Diniz (Brasil) - O cantor, compositor, violonista, actor e produtor cultural Léo Diniz é natural da cidade de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil. Desde Julho de 2008 reside em Lisboa, Portugal. Autodidata, com 20 anos de carreira artística, lançou 3 Cd’s e tem incontáveis concertos em bares, restaurantes, teatros, festivais e programas de rádio e televisão. Como produtor cultural, destacou-se pelos projectos socioculturais “Banda Mineira de caixinhas de fósforos e (“afins”),” e os álbuns “Entreposto Anti-Pagador” e “Reciclado reembalado e para viagem”, todos esses, utilizando da reciclagem de lixo para a confecção de instrumentos musicais e para a produção de capas de cd’s. No concerto “Sambossa Clube”, sempre acompanhado por experientes músicos, Léo Diniz apresenta um repertório de sambas e “bossas” dos principais compositores brasileiros, com destaque para Antônio Carlos Jobim, Vinícius de Moraes e Chico Buarque de Holanda.

Carlos Clara Gomes (Portugal) - Nasceu em Viseu, é Cantautor, Compositor, Dramaturgo e Encenador. É director artístico da “Companhia DeMente”. Ao longo de mais de quatro décadas, repartiu a sua carreira pela autoria de música de cena para quase 100 espectáculos de teatro, ópera popular, dança e vídeo, para além dos muitos concertos musicais que dirigiu, bem como pela dramaturgia e encenação. Obras já publicadas: Ópera do Bandoleiro, ACERT/GESTO, 1994; Auto da Fonte dos Amores, Pedro e Inês, Tradisom 2011; Crónicas do Inverno, Edições Esgotadas, 2013.
André Viegas (Portugal) - Faz parte de um projecto musical que tem como objectivo basilar divulgar a Gaita-de-fole Mirandesa assim como a música tradicional portuguesa. Foi através de recolhas e adaptações modernas feitas por imensos músicos portugueses, ao longo das duas últimas décadas, que se conseguiu trazer a música antiga com uma nova cara, de forma a cativar todas as gerações, assim como também realçar a importância da preservação deste género musical. 

Rodrik (Portugal) - É um músico que escolheu começar pela música através do Didgeridoo (instrumento de sopro dos aborígenes australianos), cujo som sempre o atraiu. Com formação maioritariamente auto-didacta, Rodrik marcou presença em diversos workshops dirigidos pelos maiores mestres do didgeridoo a nível mundial. Teve também uma intensa e rica passagem por uma escola de jazz em Lisboa, onde adquiriu através da guitarra, o conhecimento de teoria musical suficiente para perceber algumas fórmulas, regras e estruturas musicais que o ajudaram a desenvolver a sua própria música, procurando sempre desenvolver uma linguagem própria, através da utilização e fusão de vários instrumentos e sonoridades, quebrando qualquer tipo de barreira cultural e musical… Actualmente são, para além do didgeridoo, a guitarra, pandeiro, berimbau entre outras percussões, kalimbas, teclas (midi),etc..os instrumentos escolhidos por si para explorar e criar as suas próprias composições.
Fonte: CMMB

terça-feira, 1 de setembro de 2015

«Crime» - Apreensão de material contrafeito avaliado em 28 mil euros

Militares do Posto Territorial de Moimenta da Beira, em colaboração com militares do Destacamento de Ação Fiscal de Coimbra, identificaram, hoje, dia 31 de Agosto, na feira quinzenal local, dois homens suspeitos da prática do crime de contrafação. 
 
Foram apreendidos diversos artigos de várias marcas, por suspeita de serem imitações das originais, no valor presumível de mais de 28 mil euros. Nesta ação foram ainda elaborados 11 autos de contraordenação por infrações ao regime de bens em circulação e um por irregularidade no transporte de mercadorias por conta de outrem. 
Fonte: GNR.pt