domingo, 31 de janeiro de 2016

sábado, 30 de janeiro de 2016

«Região» - Idosa de Sernancelhe com queimaduras graves ao cair para a lareira

Uma mulher de 83 anos sofreu esta manhã de sábado queimaduras graves ao cair para a lareira da casa onde vive, na localidade de Escurquela, Sernancelhe.

De acordo com o segundo comandante dos bombeiros voluntários de Sernancelhe, Emanuel Azevedo, a idosa, não se recorda do que aconteceu. "Caiu para a lareira e só acordou quando já estava queimada", relatou.
A vítima, que vive sozinha e sofreu queimaduras de 2º e 3º graus na zona da face e do tórax, gritou por ajuda, tendo sido ouvida por vizinhos que a retiraram da lareira.

Nas operações de socorro estiveram os bombeiros voluntários de Sernancelhe, a VMER (Viatura Médica de Emergência e Reanimação) de Viseu e a equipa de Suporte Imediato de Vida de Moimenta da Beira.

A idosa deverá ser transportada para o centro hospitalar Tondela-Viseu.
Fonte: JN.pt

«Desporto» - Divisão de Honra: Policiamento obrigatório em Moimenta da Beira e Castro Daire

Com uma distância de mais de 15 dias, ficou hoje a saber-se que a jornada do próximo dia 14 de fevereiro terá 2 encontros que vão merecer atenções especiais por parte das forças policiais.
Conforme comunicou a Associação de Futebol de Viseu, os jogos Moimenta da Beira – Alvite e Castro Daire – Resendesofreram alteração de risco, sendo obrigatória a presença da PSP ou GNR nos respetivos recintos onde se vão jogar as partidas.
Na mesma nota pode ainda ler-se que “os clubes devem providenciar a organização dos seus jogos, de acordo com critério definido pela Comissão de Qualificação de Jogos, no que diz respeito às questões de segurança.”
Fonte: Dsport

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

«Notícia» - Três novos serviços ‘simplex’ abrem segunda-feira na Câmara Municipal

Horário contínuo, Site novo e Balcão Único de Atendimento, são três serviços ‘simplex’ da Câmara Municipal de Moimenta da Beira que vão entrar em funcionamento a partir de segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016. Trata-se de mais um passo dado pela autarquia com vista à simplificação e modernização administrativa, que pretende reforçar a cultura de serviço público orientada para os cidadãos. E tudo com uma originalidade: o encaminhamento dos munícipes, no ‘hall’ de entrada dos Paços do Concelho, será feito por cidadãos com deficiência, mas capazes de, com dignidade, capacidade e responsabilidade, responderem às exigências das tarefas. É o resultado da parceria que o presidente da autarquia quis estabelecer com a “Artenave”, uma das instituições de bandeira do concelho que contribui, enormemente, para a promoção social das crianças, jovens e adultos, independentemente da origem e das características físicas, intelectuais e mentais de cada um.
O horário contínuo, nos serviços que fazem atendimento direto ao público, passará a funcionar das 9 às 16h30 e permitirá que os munícipes possam tratar de assuntos diversos, mesmo durante o período da hora do almoço. 
O novo Site (em www.cm-moimenta.pt) aparecerá com imagem contemporânea, interativa e virada para o futuro. Será mais funcional, apelativo e organizado com ferramentas de acessibilidade e maior oferta de conteúdos, tendo sido concebido de raiz para suportar dispositivos móveis (smartphones e tablets). Com o objetivo de chegar a um maior número de utilizadores, o novo Site privilegiará a interação com as redes sociais, a possibilidade de envio de newsletters e a integração de funcionalidades avançadas.
O Balcão Único de Atendimento funcionará numa sala à entrada do edifício dos Paços do Concelho, um espaço que proporcionará, aos cidadãos que procuram os serviços do Município de Moimenta da Beira, um atendimento personalizado e de qualidade, feito por uma equipa constituída por colaboradores qualificados, e centrado apenas no cidadão, organizando a informação e os serviços em torno das suas necessidades, prestadas naquele único local e preferencialmente num único momento. Será ainda um atendimento baseado na transversalidade de serviços, promovendo a sua articulação e cooperação, atendimento rápido para obtenção de informações e realização de prestações simples de diversos serviços num único local. O Balcão único permitirá ainda a desmaterialização dum conjunto significativo de documentos, e possibilitará também que os cidadãos acedam aos seus próprios processos, remotamente, sem terem que se deslocar à Câmara Municipal.
As obras do Balcão único de Atendimento custaram cerca de 400 mil euros, fruto da aprovação de uma candidatura feita pela autarquia ao Sistema de Apoios à Modernização Administrativa. A verba incluiu, além das obras de adaptação do espaço físico (177 mil euros), a aquisição de hardware (76 mil euros), de software (41 mil), software-intranet (18 mil), entre outros serviços técnico de apoio e implementação (70 mil).
Fonte: CMMB

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

domingo, 24 de janeiro de 2016

«Notícia» - Oitava Cidade a Caminho?

Apesar de existir uma espécie de “tabu” à volta do assunto, Moimenta da beira quer ser cidade durante este ano de 2016. Embora o presidente da câmara vá escondendo o jogo, o processo já está em marcha. Na próxima Assembleia Municipal, que vai acontecer durante o mês de fevereiro, José Eduardo Ferreira promete revelar os argumentos e os pormenores que por enquanto vai ocultando
Moimenta da Beira quer ser elevada a cidade. A vontade do presidente da Câmara, José Eduardo Ferreira, já foi comunicada ao restante executivo. O autarca está mesmo convencido “que é expectável que o processo de elevação a cidade de Moimenta da Beira possa estar concluído durante o ano de 2016”. Embora ainda recentemente tenha informado o executivo de que “estão a ser equacionadas todas as questões que possam ter relação com o processo”, José Eduardo Ferreira recusa-se para já a explicitar os fundamentos e razões que o levam a avançar com o processo de elevação a cidade. Diz que quer “aprofundar o assunto nos orgãos autárquicos, câmara e assembleia municipal, antes de sobre o mesmo produzir qualquer intervenção pública”.
Ao contrário do que aconteceu com a criação das recentes cidades do distrito, Santa Comba Dão e Tarouca, em que para serem criadas tiveram que abranger todas as freguesias do concelho, em Moimenta da Beira, para além da sede do concelho, a nova cidade deverá “apenas” abranger os territórios das freguesias de Leomil e provavelmente também Arcozelos. Este é um dos assuntos que ainda falta definir e que está a preocupar os autarcas das freguesias e a oposição PSD/CDS na Câmara Municipal, sobre os efeitos futuros e se poderá levar a uma nova reorganização administrativa, “obrigando” a novas fusões de freguesias.
Fonte: Jornal do Centro

«Desporto» - AF Viseu - Jogo em atraso

Resultado do Jogo em atraso da 10ª jornada:



Classificação (CDR com menos um jogo):


quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

«1ª Página» - Jornal Terras do Demo


»Presidenciais 2016» - Centro Escolar garante melhores condições de voto

Por força do aumento do número de eleitores inscritos na freguesia de Moimenta da Beira (cerca de três mil), a lei obrigou à criação de uma terceira secção de voto, sujeição que, de resto, vem até permitir uma plena facilitação do cumprimento deste direito cívico a todos os cidadãos eleitores.
As três secções de voto estarão concentradas no Centro Escolar de Moimenta da Beira, local com melhores condições de estacionamento e melhores acessos para a generalidade dos eleitores, circunstâncias que não garantiam os anteriores locais de voto que funcionaram, até aqui, na Escola do 1º Ciclo D. Carolina Guedes e na sede da Junta de Freguesia.
As eleições presidenciais portuguesas, as nonas desde a Revolução dos Cravos, terão lugar no próximo domingo, dia 24 de janeiro de 2016, com possibilidade de uma segunda volta a 14 de fevereiro, e decidirão o sucessor do presidente Aníbal Cavaco Silva, constitucionalmente impossibilitado de se recandidatar a um terceiro mandato consecutivo.

Centro Escolar de Moimenta da Beira
Secção de Voto nº 1
do eleitor nº 2 ao eleitor nº 2.171

Secção de Voto nº 2
do eleitor 2.172 ao eleitor nº 3.778

Secção de Voto nº 3
do eleitor nº 3.779 ao eleitor nº 4.947

Fonte: CMMB

«Reportagem» - Empresas de Moimenta da Beira exportam maçã para Colômbia e Dubai

A maçã de Moimenta da Beira está a conquistar novos mercados no Médio Oriente e na América do Sul. O segredo está nas características da fruta que permitem aguentar as longas viagens sem perder qualidade.


video
Fonte: SIC.pt

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

«Divulgação» - Festas do Mártir, hoje e amanhã

Uma alvorada de morteiros, hoje de manhã (às 7 horas), terça-feira , 19 de janeiro, deu início às Festas em honra do Mártir S. Sebastião, em Moimenta da Beira, que se prolongam até amanhã.
O programa de hoje à tarde inclui, às 17h00, o “acender do cepo” e, meia hora depois a abertura da barraca de comes e bebes. À noite, arraial com os “Inseparáveis” (21h30), e partida de fogo-de-artifício (24h00).
Amanhã, quarta-feira, 20 de janeiro, Dia do Mártir, nova alvorada às 7 horas; chegada da banda juvenil Zé Ribeiro, de Gouviães, às 8h00; hastear da bandeira (10h00) e missa solene seguida de procissão com andores (11h00). À tarde, atuação da banda junto à capela (15h00); abertura da barraca de comes e bebes (17h30); baile com o conjunto “Bora Lá” (21h30) e, a encerrar os festejos, às 24 horas, a última partida de fogo-de-artifício.
A organização avisa que, no caso da existência de condições climatéricas desfavoráveis, as festas serão realizadas no quartel dos Bombeiros Voluntários. 
Fonte: CMMB

segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

«Notícia» - Único funcionário do banco aproveitou-se para desviar milhões

Homem usava vários esquemas para conseguir desviar dinheiro das contas dos clientes.

Um bancário de 40 anos está a ser acusado pelo Ministério Público de desviar meio milhão de euros das contas de clientes através de transferências, levantamentos, depósitos e movimentos com cheques.
Era o único funcionário de uma pequena dependência da Caixa de Crédito Agrícola em Moimenta da Beira e ter-se-á aproveitado dessa solidão para se apoderar do dinheiro dos clientes, entre 2007 e 2009.
Segundo conta o Jornal de Notícias, o homem usava vários esquemas para que ninguém se apercebesse dos desfalques. Quando um cliente se deslocava ao balcão para dar conta de movimentos estranhos, o bancário, por exemplo, realizava novos depósitos nas contas e depois anulava-os e quando lhe faziam depósitos em notas, este dinheiro ia diretamente para o seu bolso. Irá a julgamento no Tribunal de Viseu por abuso de confiança.
Fonte: Noticias ao Minuto

domingo, 17 de janeiro de 2016

sábado, 16 de janeiro de 2016

«Presidenciais 2016» - Eleitores da sede de concelho votam no Centro Escolar

O Centro Escolar de Moimenta da Beira, localizado na Alagoa, perto do pavilhão, do estádio e da EB2 da vila, vai concentrar as três secções de voto para todos os cidadãos eleitores inscritos na freguesia de Moimenta da Beira que queiram exercer o seu direito de voto nas próximas eleições presidenciais, que se realizarão no dia 24 de janeiro de 2016. Até aqui, estes eleitores votavam no edifício da Junta de Freguesia e na antiga escola do 1º ciclo Carolina Guedes.
Para os eleitores das restantes freguesias, mantêm-se inalteráveis os locais das secções de voto.
Fonte: CMMB

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

«Divulgação» - GNR, Accão de Sensibilização

A Secção de Programas de Especiais do Destacamento Territorial de Moimenta da Beira realizou uma ação de sensibilização, para os alunos do 8º ano do Agrupamento de Escolas de Moimenta da Beira sobre o tema “Bullying e Cyberbullying”.
Fonte: GNR.pt



«Notícia» - Autarquia em risco por causa do IMI

A alegada obrigatoriedade das autarquias que recorreram ao PAEL – Programa de Apoio à Economia Local – terem de aplicar taxa máxima no IMI está a colocar o município de Moimenta da Beira em rota de colisão com a DGAL
A Direção-Geral das Autarquias Locais(DGAL) quer que o município de Moimenta da Beira aplique a taxa máxima(0,5 %) no IMI – Imposto Municipal sobre Imóveis. Desde 2012, que a taxa aplicada é de 0.4%. Valor que o município manteve para 2016. Por em 2012 ter recorrido ao PAEL – Programa de Apoio à Economia Local, as contas da Câmara de Moimenta da Beira estão sob vigilância da DGAL. Através do PAEL o Estado fez um empréstimo ao município, para pagamento das dívidas com mais de 90 dias, e executar um plano de ajustamento financeiro. Os municípios que aderiram ao PAEL ficaram obrigados a controlar a dívida e a aumentar as receitas municipais.
“Guerra” com o IMI
No último relatório, os técnicos da DGAL alertam, “mais uma vez”, que município “está obrigado, no âmbito do PAEL, à aplicação da taxa máxima do IMI”, e que a sua não aplicação é uma “ilegalidade grave, podendo resultar na dissolução do órgão responsável pela tomada de tal decisão”. Alertam ainda que a sua não aplicação pode trazer “implicações de responsabilidade individual”, podendo também levar “à resolução do contrato de empréstimo celebrado no âmbito do PAEL”. Se a decisão não for acatada de forma voluntária é feita a ameaça de “uma retenção de fundos municipais”, medida “que deixaria o município numa situação ainda mais desequilibrada, colocando em causa o pagamento de salários e o cumprimento dos serviços públicos essenciais”.
Fonte: Jornal do Centro

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

«Educação» - Professora de Ílhavo vence Prémio Nacional Aquilino Ribeiro

A investigadora e professora de Português do ensino secundário, em Ílhavo, Maria da Nazaré Peixinho de Matos, venceu a primeira edição do prémio Aquilino Ribeiro com “Um olhar sobre o espaço nos contos canónicos de Aquilino Ribeiro”, um ensaio inédito sobre o mestre das "Terras do Demo". O prémio literário, de âmbito nacional, resulta de um concurso realizado em 2015 sobre obras inéditas de ensaio em torno do universo de Aquilino Ribeiro, promovido pelo Centro de Estudos Aquilino Ribeiro (CEAR), com o alto patrocínio do município de Viseu.
Na sessão pública do anúncio e entrega do prémio, no valor de 10 mil euros, que decorreu ao final da manhã desta quarta-feira, 13 de janeiro de 2016, em Viseu, e a que assistiu o vice-presidente da Câmara Municipal de Moimenta da Beira, Francisco Cardia, o representante do júri, Henrique Almeida, sublinhou que o ensaio de Maria da Nazaré de Matos se distanciou dos outros sete, de vários pontos do país, que estiveram a concurso.
"Foi consensual a opção por este trabalho, que se espera que venha a ser editado, depois de reconfigura do para um público mais alargado. Distanciou-se dos restantes logo numa primeira linha, quer pela sua estrutura, qualidade de linguagem, rigor de análise à temática e abertura, que possibilita aos leitores uma maior acessibilidade e paixão à obra de Aquilino", sustentou.
De acordo com Henrique Almeida, o ensaio premiado debruça-se sobre uma das componentes fundamentais da obra de Aquilino, que é a categoria do espaço. "A forma como aborda essa categoria faz com que saia de uma dimensão meramente territorial, física e rural e analise as componentes do espaço social, psicológico, mítico e lendário. Há aqui uma visão muito subliminar da capacidade que Aquilino mostrou na sua obra de reverter uma categoria, embora inspirada pela terra, mas que permite abertura a uma cosmovisão e pluralidade dessa dimensão do espaço, que de facto surpreende", justificou.
Ao longo da sua intervenção, o presidente da Câmara de Viseu, Almeida Henriques, manifestou a disponibilidade do município em renovar o apoio à reedição do prémio, com vista a promover "a criação literária ficcional em torno do universo e das pa isagens de Aquilino e da cidade-região de Viseu".
"A organização deste prémio é mais um passo no desígnio de 'desengavetar' a obra de Aquilino Ribeiro, trazendo-a à luz do dia e para junto das pessoas. As obras de Aquilino são um património universal de forte inspiração regional e Viseu é uma cidade que acolhe a memória de Aquilino Ribeiro", acrescentou.
No final da entrega do prémio, a professora de 59 anos, explicou que o seu ensaio aborda o espaço nos contos de Aquilino Ribeiro.
"Iniciei esse estudo nos contos, na narrativa breve, porque considero que é uma forma de chegar primeiramente aos alunos. São narrativas curtas e é uma forma de os cativar para Aquilino Ribeiro", frisou.
Maria da Nazaré de Matos lamenta que Aquilino Ribeiro esteja "um bocadinho arredado da escola e dos programas", sendo ele "uma figura maior", contemporânea de Fernando Pessoa, que é "estudado ao longo de meio ano no 12.º ano". "Aquilino é um a figura da época e podia dar uma outra perspetiva de Portugal no mesmo período", reforça.
Fonte: CMMB

terça-feira, 12 de janeiro de 2016

«Divulgação» - Nove cientistas em Moimenta da Beira falam sobre astrofísica e ciências do espaço

O Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA) vai dar início este sábado, dia 16 de janeiro, em Moimenta da Beira, à digressão “Ignite Astro” que irá percorrer Portugal durante o ano de 2016. Na sessão, que decorrerá no Auditório Municipal Padre Bento da Guia, a partir das 20h30, com entrada gratuita, nove cientistas convidados pelo IA têm cinco minutos cada um para apresentar a sua investigação. São 20 slides, cada um visível durante 15 segundos, numa sequência automática sobre a qual o apresentador não tem qualquer controlo. O evento conta com a colaboração da Câmara Municipal e do Agrupamento de Escolas de Moimenta da Beira. 
O número de in vestigadores permitirá que a sessão percorra um grande número de tópicos de investigação em Astrofísica, dando a conhecer, de um modo muito dinâmico e acessível, a diversidade da investigação realizada no IA. No final destas apresentações haverá espaço para o diálogo entre os investigadores e o público presente. 
O cientista Rui Agostinho falará sobre “Dar Tempo ao Tempo”; Nuno Santos sobre “Um Expresso para outros mundos”; Sérgio Sousa “Medindo Exoplanetas”; José Afonso “Galaxódromo”; Sónia Antón sobre “O lado negro das Galáxias”; Ismael Tereno “Radiografia do Universo”; Francisco Lobo “Aceleração tardia do Universo”; Nel son Nunes “A insustentável leveza do Universo” e Hugo Messias sobre “Um Universo com Alma”.
 O Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA), o maior do género em Portugal, nasceu em outubro de 2014, resultado da fusão entre o Centro de Astrofísica da Universidade do Porto e o Centro de Astronomia e Astrofísica da Universidade de Lisboa, está envolvido em projectos do Observatório Europeu do Sul, e em várias missões da agência espacial europeia ESA, como a definição das câmaras do Telescópio Extremamente Grande, em construção, e que permitirá observar o Universo com mais detalhe. 
O IA foi criado para "aumentar a capacidade de massa crítica" e de financiamento para projectos internacionais, numa área em que Portugal está "bem cotado", adiantou. Agrega 63 investigadores doutorados, tornando-se no maior desta área em Portugal. 
A instituição participa igualmente em várias missões da agência espacial europeia ESA, como a CHEOPS, prevista para 2017, para estudar planetas extrassolares, e a EUCLID, com lançamento apontado para 2020, para compreender a estrutura do Universo.

«Região» - Detenção por posse ilegal de arma


Militares do Núcleo de Investigação Criminal do Destacamento Territorial de Moimenta da Beira, no dia 11 de janeiro de 2016, procederam à detenção de um homem com 51 anos de idade, residente em Tabuaço, pela prática do crime de posse de arma ilegal.

A detenção ocorreu na sequência de diligências de investigação criminal, levadas a cabo no concelho de Tabuaço, entre as quais a realização de 1 busca domiciliária, que culminou com a apreensão de 01 pistola de calibre 6,35mm, com respectivo carregador e 03 munições.

O detido foi notificado para comparecer nos serviços do Ministério Público do Tribunal da Instância local de Moimenta da Beira, no dia 12 de janeiro de 2016.
Fonte: GNR.pt

segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

«Notícia» - Paiva ‘revolto’ com as últimas chuvas

As águas do rio Paiva ‘revoltaram-se’ com a chuva copiosa que tem caído. Galgaram as margens, invadindo terrenos agrícolas, estradas e caminhos, desde a sua nascente, na aldeia de Carapito, Moimenta da Beira, até à zona da praia fluvial de Segões, no extremo sul do concelho. Os locais de maior alagamento foram registados, em fotografia, pelos serviços de fiscalização municipal da Câmara Municipal de Moimenta da Beira.
O rio Paiva, um dos menos poluídos da Europa, está incluído em território da Rede Natura 2000 e apresenta uma elevada diversidade de espécies, habitats e ecossistemas, alguns dos quais considerados prioritários a nível europeu.
Tem aproximadamente 110 km de extensão, ocupando uma área corresponde a 14.562 ha e abrangendo, ainda que parcialmente, os concelhos de Moimenta da Beira, Vila Nova de Paiva, Sernancelhe, Sátão, Castro Daire, Cinfães, S. Pedro do Sul, Viseu, Arouca e Castelo de Paiva, onde desagua na margem esquerda do rio Douro.




(clique nas fotos para ampliar)

Fonte: Facebook CMMB

«Natal 2015» - Comerciantes recebem ‘Cabaz de Reis’ pelas montras iluminadas

Cento e onze comerciantes do concelho de Moimenta da Beira aderiram ao projecto “Montras Iluminadas”, uma acção promovida pela Câmara Municipal que visou ajudar a dinamizar e a estimular o negócio dos estabelecimentos comerciais. As cores e os adornos natalícios das montras estiveram expostos de 8 de dezembro até ao Dia de Reis, 6 de janeiro.
Os aderentes, como sempre, recebem um ‘Cabaz de Reis’ pela participação simpática no evento que, por norma, consegue fazer atrair mais clientes devido ao embelezamento das montras e, em simultâneo, emprestar mais vida, luz e cor aos núcleos urbanos durante a quadra natalícia. 

«Notícia» - Utentes "muito satisfeitos" com meios de resolução alternativa de litígios

Pelo terceiro ano, a DGPJ elaborou um relatório de acompanhamento dos meios de resolução alternativa de litígios referentes à satisfação dos utentes com o funcionamento dos julgados de paz, centros de arbitragem e sistema de mediação apoiados pelo Ministério da Justiça.
Segundo o relatório, os meios de resolução alternativa de litígios mereceram, em 2015, por parte dos seus utilizadores "níveis de satisfação e lealdade muito elevados", à semelhança do verificado em 2013 e 2014.
Em 2015, os centros de arbitragem e os julgados de paz apresentaram, em todos os indicadores, um nível de "muito satisfação", enquanto os sistemas públicos de mediação obtiveram um grau de "satisfação".
O acesso à informação, instalações, funcionamento, recursos à disposição e lealdade são alguns dos indicadores analisados no relatório, elaborado em conjunto com o Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (ISCSP) da Universidade de Lisboa.
O inquérito mostra também que os julgados de paz, centros de arbitragem e sistemas de mediação são "instrumentos de notação eficazes".
Os utentes escolheram o Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo do Vale do Ave, Centro de Informação, Mediação e Arbitragem de Consumo (tribunal arbitral) e o Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo do Distrito de Coimbra como os melhores.
Os julgados de paz que merecem destaque positivo foram os do agrupamento dos concelhos de Aguiar da Beira, Penalva do Castelo, Sátão, Trancoso e Vila Nova de Paiva e do agrupamento dos concelhos de Tarouca, Armamar, Castro Daire, Lamego, Moimenta da Beira e Resende.
O relatório da DGPJ foi elaborado a partir de 1.639 inquéritos, dos quais 1.414 são relativos a utentes de centros de arbitragem, 214 aos utentes de julgados de paz e 11 aos sistemas públicos de mediação.
Fonte: www.noticiasaominuto.com

domingo, 10 de janeiro de 2016

terça-feira, 5 de janeiro de 2016

«Divulgação» - Em Peva, dezenas de animais são abençoados na Festa de Santo Antão

Santo Antão é o padroeiro dos criadores de gado e protector dos animais domésticos e de estábulo. Em Peva, Moimenta da Beira, a memória do santo e o seu dom e gesto especial para com os animais, vai ser celebrado no dia 17 de janeiro, um domingo, no santuário erguido em sua homenagem, com uma festa que recuperou tradições ancestrais, como a bênção dos animais. 
Mas do programa festivo há ainda outros costumes populares que vão ser revividos, com fulgor, durante a tarde daquele dia grande para a freguesia: as ‘marradas entre carneiros’ e as ‘lutas de bois’, às 15 horas, e também a ‘cagadela da vaca’, às 16h30, um jogo delirante de ‘apostas’ num espaço do adro do santuário dividido em quadrículas. 
Antes, porém, acontecem os momentos religiosos da festa, que começa às 8h30 com as romagens ao santuário; às 11 horas a eucaristia, com procissão no final; às 12h00 a bênção dos animais e às 14 horas a realização do leilão das oferendas. 
A lenda diz que Santo Antão era um grande amante dos animais e que tentou cuidar deles ao longo de toda a sua vida. Existem muitas lendas sobre a sua relação com os animais, como a cura da cegueira de alguns javalis fazendo com que a mãe javali vivesse com ele e o defendesse de qualquer ataque como forma de agradecimento. Ou, então, a remoção de um espinho das garras de um leão. Este dom especial para com os animais, o facto de curá-los e receber posteriormente a sua protecção, foi o que o tornou no seu santo padroeiro.
Fonte: CMMB

segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

«Meteo» - Alerta mau tempo

Num aviso à população, a Proteção Civil refere que, para os próximos dias, está prevista a queda de neve nas regiões do norte acima dos 800 metros e formação de geada durante a noite, sendo expectável desconforto térmico devido à descida acentuada da temperatura mínima, sobretudo nas terras altas, associada ao vento forte. 

Tendo em conta as condições meteorológicas, a ANPC alerta para o piso rodoviário escorregadio e eventual formação de lençóis de água e gelo, além da possibilidade de cheias rápidas em meio urbano e de inundação. 

A ANPC chama também a atenção para a possível ocorrência de acidentes na orla costeira, de intoxicações por inalação de gases e de incêndios em habitações, resultantes da má utilização de lareiras e braseiras ou avarias em circuitos elétricos. 

Como medidas preventivas, a Proteção Civil recomenda a população para adotar uma condução defensiva, reduzir a velocidade, transportar colocação das correntes de neve nas viaturas, sempre que se circular nas áreas atingidas pela queda de neve, e não atravessar zonas inundadas. 

Zonas onde está prevista a acumulação de Neve na nossa região:

Fonte: meteoexploration.com