sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

«Notícia» - Mulher morre atropelada em Vila Nova de Paiva

Uma mulher de 72 anos morreu, esta sexta-feira, atropelada por uma carrinha, em Vila Nova de Paiva, na estrada que liga a Vila à localidade de Touro, distrito de Viseu.

O acidente aconteceu pouco antes das 09 horas.
A vítima, residente em Fráguas, tinha o hábito de circular a pé na zona. "Por aquilo que percebemos o condutor de uma carrinha de caixa aberta circulava no mesmo sentido da vítima e atingiu-a com o espelho da viatura", adiantou o comandante dos bombeiros voluntários de Vila Nova de Paiva, Pedro Rochinha.

Quando os bombeiros chegaram ao local, a vítima estava caída na berma da estrada. "Encontrava-se inconsciente, com um traumatismo cranioencefálico e em paragem cardiorrespiratória", afirmou Pedro Rochinha.

Até à chegada de uma equipa da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER), os bombeiros ainda tentaram, sem sucesso, manobras de reanimação.

O corpo vai ser transportado para o Instituto de Medicina Legal.

O condutor, com cerca de 50 anos, residente em Moimenta da Beira e dono de uma empresa de construção civil, aguardou no local a chegada das autoridades. A GNR está a investigar as causas do atropelamento.
Fonte: JN.pt

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

«Divulgação» - Concerto de Natal e Fim de Ano na igreja matriz de Arcozelos

São mais de 90 músicos, entre instrumentistas e elementos de um coro, sob a batuta do maestro Cláudio Ferreira, que atuarão no Concerto de Natal e Fim de Ano, espetáculo com palco no interior da igreja matriz de Arcozelos, Moimenta da Beira, na próxima sexta-feira, 30 de Dezembro, a partir das 21h30. A entrada é gratuita.

Os músicos são da Orquestra Sinfónica da Academia de Música Rodrigues Silveira, de Moimenta da Beira, e do Orfeão da Mêda, e interpretarão a ópera “Criança Milagre”, da compositora inglesa Ruth Kenward, que conta a história de uma família que se depara com um contratempo no dia de Natal.


terça-feira, 27 de dezembro de 2016

«Região» - Explosão em terreno agrícola provocou dois feridos no concelho de Tabuaço

Uma explosão num terreno agrícola causou dois feridos ligeiros no dia de ontem na Freguesia de Paradela, no concelho de Tabuaço.

A explosão terá acontecido por volta das 13h40 durante a descarga de resíduos “ entulho” provenientes de uma casa em construção.Deste acidente resultaram dois feridos ligeiros e danos numa carrinha pick-up com vidros partidos. Desconhece-se o motivo da explosão.

Prestados os cuidados às vítimas com o apoio da SIV de Moimenta da Beira os dois feridos foram transportados para o Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro Unidade de Vila Real. Nas operações de socorro estiveram envolvidos 8 operacionais dos Bombeiros de Tabuaço, com 4 viaturas, apoiados pela SIV de Moimenta da Beira e GNR de Tabuaço.
Fonte: www.bombeiros.pt

«Divulgação» - Queima do Velho de regresso na noite de fim-de-ano

“Traga o espumante, o bolo-rei e roupa velha vestida do avesso”. O desafio é da organização da “Queima do Velho”, uma tradição popular que este ano volta a realizar-se em Moimenta da Beira com o programa festivo a desenvolver-se ao longo da derradeira hora da última noite do ano de 2016.

O plano tem marcada a concentração para as 22h30, no Largo da Portelinha, no Arrabalde, e a saída do velho e do grupo de concertinas que o acompanha, meia hora depois. O povo, esse vai-se juntando, engrossando o cortejo que incorpora também homens que carregam luminárias a arder, um falso padre e muitas carpideiras que gritam em altos brados a ‘morte’ do velho, quer dizer, do ano que está prestes a findar-se.

O percurso vai atravessar as principais ruas da vila e demorar perto de 45 minutos até chegar ao Largo da Fonte de S. João, onde decorrerá todo o ritual que se inicia quando da torre da igreja matriz se ouvirem as doze badaladas. É então que se lança fogo ao velho e se dá as boas vindas ao ano novo. Depois, começa a festa com espumante e bolo-rei.

Está convidado a participar!





«Reportagem» - Papas de Relão feitas em Segões

As papas de relão são um prato típico de Moimenta da Beira feito a partir de milho moído, água e leite que se faz em potes de ferro à lareira. Na aldeia de Segões, em Moimenta da Beira, os pratos típicos ainda são feitos pelos mais antigos e preservam-se tradições como os moinhos de água e o forno comunitário, que atraem turistas nesta altura do ano.
video
Fonte: SIC

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

«Reportagem» - Aumento da venda de espumantes com aproximação do Ano Novo

A região do Távora-Varosa em Moimenta da Beira, distrito de Viseu, foi a que mais cresceu na produção na última década. As novas castas e novas plantações estão a melhorar a qualidade dos produtos e aumentar a diversidade no mercado. A cooperativa de Moimenta da Beira apostou no espumante e o aumento das vendas estão a contribuir para melhorar o equilíbrio financeiro.

video
Fonte: Sic

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

«Notícia» - Solar de Moimenta da Beira classificado monumento de interesse municipal

O presidente da Câmara de Moimenta da Beira, José Eduardo Ferreira, congratulou-se hoje com a classificação como monumento de interesse municipal do Solar dos Correia Alves, um edifício do século XVII.
"Estamos muito satisfeitos com esta classificação. Trata-se de um edifício que está inserido numa belíssima praça de Moimenta da Beira, onde estão localizados outros dois edifícios muito bonitos", referiu.
A classificação do Solar dos Correia Alves como monumento de interesse municipal foi hoje publicada em Diário da República.
A decisão final de classificação do monumento de interesse municipal teve em conta "o estilo arquitetónico português, estilo chão, característico de um determinado período do século XVII".
Pesou ainda a sua localização no centro histórico de Moimenta da Beira, no Terreiro das Freiras, "constituindo, com outros edifícios de igual valor arquitetónico, um aglomerado de enorme valor patrimonial".
Para o autarca de Moimenta da Beira, o Terreiro das Freiras é "uma das mais belas praças da vila".
Para além do agora classificado Solar dos Correia Alves, no Terreiro das Freiras está localizado um convento com o mesmo nome e a Biblioteca Municipal Aquilino Ribeiro, também este um edifício classificado.
O Solar dos Correia Alves é um edifício privado que, de acordo com a página de internet dos seus proprietários, foi até meados dos anos 1930 a antiga casa fidalga dos Almeida.
"Encerra memórias dos vários ocupantes que por lá passaram após essa data, instituições públicas, clube de futebol, repartição de finanças, tesouraria, escola, quartel da GNR", acrescenta.
Na mesma página de internet lê-se ainda que esta casa foi abandonada entre os finais dos anos 1970 até 1995, altura em que foi adquirida e completamente remodelada.

"Retornou, ao fim de três anos de obras, às funções de habitação particular, acolhendo o turismo de habitação", informa.
Fonte: RTP.pt

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

«Desporto» - Carlos Felisberto assume comando técnico do Moimenta da Beira

O Moimenta da Beira anunciou hoje, num comunicado divulgado na sua página oficial do facebook que chegou a acordo com Carlos Felisberto para ser o novo treinado do clube viseense. Recordamos, que o Moimenta da Beira compete no Campeonato de Portugal Prio, Série C, e nesta altura está no último lugar da prova com 9 pontos.
Numa tentativa de melhorar a sua classificação a Direcção do Moimenta da Beira contratou os serviços de Carlos Felisberto para atingir os objectivos definidos para esta época desportiva.
“O Prof. Carlos Felisberto é o escolhido para comandar a equipa sénior. Treinador experiente comandou recentemente a equipa do Mondinense, na Série B, do Campeonato de Portugal Prio, tendo já sido coordenador técnico da AF de Vila Real.
Ao novo técnico e ao adjunto Paulo Martins desejamos as maiores felicidades com as cores do Moimenta da Beira”, refere o emblema em comunicado.
Fonte: desportivotransmontano.com

domingo, 18 de dezembro de 2016

«Desporto» - Resultados Futebol

Resultados Campeonato de Portugal:

Classificação:

Próxima Jornada:




Resultados 1ª Divisão AF Viseu:

Classificação:

Próxima Jornada:

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

«Divulgação» - Inauguração de exposição fotográfica permanente dos rostos dos ex-presidentes da Câmara

Uma galeria de fotografias permanente com os rostos (e algumas assinaturas) de todos os presidentes da Câmara Municipal de Moimenta da Beira, desde a implantação da República (1910), vai ser inaugurada nos Paços do Concelho no próximo sábado (16h30), 17 de Dezembro, dia da sessão evocativa dos 40 anos de Poder Local Democrático que a autarquia promoverá, a partir das 15 horas, no auditório municipal Padre Bento da Guia.

Ao todo, são 21 presidentes, oito durante a República Parlamentar (1910-1926): João de Almeida Galafura Carvalhais, Casimiro da Fonseca Martins, António Ferreira da Fonseca Sèves, Evaristo Augusto Gil, João de Almeida Leitão, José Vieira Loureiro, José Joaquim de Almeida e António Paiva Gomes; dez durante o Estado Novo: José Augusto Cardoso de Araújo, Mário Alves da Cruz Chaves, Afonso Cardoso de Araújo, Francisco de Sousa Morais Faião, Alberto da Costa Pinto, José Gomes Machado, António Inácio Alves, António de Lemos Gomes, José Joaquim Guilherme de Araújo Abreu e Luís de Carvalho e Almeida; e três durante a República Democrática (pós 1974): Manuel Ferreira Pinto, Alexandre Gomes Cardia e José Agostinho Gomes Correia. O atual presidente José Eduardo Ferreira, não aparecerá, por estar ainda a exercer o seu mandato.

Programa
15h00 – Sessão evocativa dos 40 anos de Poder Local Democrático em Moimenta da Beira
16h00 – Apresentação do livro “40 anos de Poder Local Democrático 1976/2016 – 40 anos de Democracia, Liberdade e Desenvolvimento no Concelho de Moimenta da Beira”, do autor Jaime Ricardo Gouveia
16h30 – Abertura da exposição fotográfica permanente, com os rostos (e algumas assinaturas) de todos os Presidentes da Câmara Municipal de Moimenta da Beira, desde a implantação da República.
 Fonte: CMMB

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

«Divulgação» - Crianças da AMAI vão à RTP assistir em direto ao programa “A Praça”

Oitenta crianças da Associação Moimentense de Apoio à Infância (AMAI) vão visitar os estúdios da RTP, em Vila Nova de Gaia, e assistir em direto ao programa “A Praça”, que é apresentado, de segunda a sexta-feira, por Sónia Araújo e Jorge Gabriel, entre as 10h e as 13h. A visita (e a presença nos estúdios) acontecerá a 20 e 27 de dezembro, e dela usufruirão um grupo de 40 crianças no primeiro dia, e outro, com o mesmo número, no segundo dia.

A AMAI existe desde 1970, tendo a sua fundação ficado a dever-se a um conjunto valoroso de senhoras da vila de Moimenta da Beira. Frequentam atualmente a instituição mais de 170 crianças nas suas três valências: creche, pré-escolar e ATL. E trabalham lá mais de duas dezenas de pessoas, entre educadoras, auxiliares de ação educativa, auxiliares de limpeza e cozinheiras. Há ainda o trabalho voluntário de todos os elementos da direção.

«Divulgação» - Campanha de recolha de alimentos nos supermercados de Moimenta da Beira

À semelhança de anos anteriores, vai decorrer em Moimenta da Beira, já este fim-de-semana (sexta, sábado e domingo, 16, 17 e 18 de Dezembro, respetivamente), uma campanha de recolha de alimentos nos três supermercados da vila (Intermarché, Minipreço e Pão de Açúcar), destinada às famílias carenciadas do concelho, famílias sinalizadas pelos serviços de Ação Social da Câmara Municipal, da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens em Risco e ainda do serviço local da Segurança Social.

A entrega do cabaz dos alimentos recolhidos acontecerá ao longo da semana de Natal, antes da noite de consoada. A iniciativa é da Câmara Municipal de Moimenta da Beira feita em parecia com os alunos voluntários do Agrupamento de Escolas do município, no âmbito da rede social.

Trata-se de uma resposta local que surge tendo em conta a política de responsabilidade social da autarquia, que tem como objetivo mobilizar os moimentenses em torno dos valores da solidariedade, da partilha e da fraternidade, de modo a tornar mais feliz o Natal de famílias que atravessam dificuldades.

terça-feira, 13 de dezembro de 2016

«Notícia» - Documentário e livro sobre Aquilino Ribeiro lançados na quarta-feira em Moimenta da Beira

Um documentário e um livro que revisitam a obra de Aquilino Ribeiro e a casa onde viveu em Moimenta da Beira vão ser lançados na quarta-feira, no âmbito do projeto "Escritores a Norte - Vidas com Obra em Casas d`Escritas".
O lançamento acontecerá em Soutosa, onde se situa a casa de Aquilino Ribeiro, que atualmente é casa-museu e sede da fundação com o seu nome.
"Aquilino Ribeiro descreveu de uma forma singular todo o território a que ele próprio chamou Terras do Demo. Ao darmos a conhecer, também através deste documentário e deste livro, a obra e o mestre Aquilino Ribeiro, damos a conhecer as nossas terras", disse à agência Lusa o presidente da Câmara de Moimenta da Beira, José Eduardo Ferreira.
Segundo o autarca, "as pessoas podem ainda hoje, com muita facilidade, identificar neste território um conjunto de descrições que o mestre fazia", o que "irá acontecer com maior facilidade através da obra que vai ser lançada amanhã (quarta-feira)".
"É um bom instrumento para que cidadãos que gostam de literatura, que gostam de Aquilino, mas que não conhecem tanto o seu território, possam fazer esta ligação", frisou.
Na opinião de José Eduardo Ferreira, "isto faz muito sentido em Aquilino Ribeiro, porque é aquele que melhor se identificou com o território literário a que pertenceu e o que melhor o descreveu, desde os seus aspetos físicos, até aos seus aspetos humanos".
"O mestre descrevia, de uma forma única, o comportamento dos cidadãos nestas terras e as próprias instituições. As suas obras têm uma grande atualidade, tanto em termos humanos, como territoriais", acrescentou.
O autarca é uma das pessoas que participou no projeto - que tem a chancela do produtor Mário Augusto - dando o seu testemunho, tal como dois netos do escritor (Mariana e Aquilino Ribeiro Machado) e três "aquilinianos", nomeadamente Henrique Monteiro, ex-diretor do Expresso, Paulo Neto e Lima Bastos, ambos com obra publicada sobre Aquilino Ribeiro.
Concebido pela Direção Regional de Cultura do Norte, o projeto literário e cultural "Escritores a Norte - Vidas com Obra em Casas d`Escritas" tem como objetivo promover uma aproximação dos públicos aos escritores da região, partindo da sugestão de visitas, físicas ou virtuais, às suas casas, espaços de memória detentores dos seus espólios.
Integram o projeto doze escritores e as suas casas: Domingos Monteiro, Pina de Morais, Graça Pina de Morais e Lisa Pina de Morais, Camilo Castelo Branco, Ferreira de Castro, Guerra Junqueiro, José Régio, Miguel Torga, Aquilino Ribeiro, Mário Cesariny e Eça de Queiroz.
Fonte: RTP.pt

«Natal 2016» - Inscrições abertas para as Férias Desportivas e Culturais de Natal 2016

Estão abertas, até sexta-feira, 16 de Dezembro, as inscrições para as Férias Desportivas e Culturais de Natal 2016, em Moimenta da Beira, destinadas a crianças e jovens dos 6 aos 17 anos de idade. Vão decorrer de 19 a 21 de Dezembro e incluem um programa de atividades diversificado, desde idas a uma pista de gelo, ao bowling, a atividades natalícias várias, jogos desportivos e aquáticos e um workshop de artes e ciências.

Locais de inscrição: Pavilhão (254 520 100), Piscina (254 520 086), Biblioteca Municipal (254 520 080) e no Balcão Único de Atendimento da Câmara Municipal de Moimenta da Beira. Ou através do e-mail: desporto@cm-moimenta.pt.

«Divulgação» - Vídeo celebra 40 anos de Poder Local Democrático

É um Projeto Piloto de António Bondoso, jornalista, proposto à RTP “para uma série de programas com o objetivo de assinalar o 40º aniversário das primeiras eleições autárquicas em liberdade”. A proposta, que não vingou junto da estação pública de televisão, aproveitou a circunstância do evento "VI Jornadas de Cidadania" em Moimenta da Beira. Feito em parceria com a VIGIONATUR, só contemplava freguesias. Em questão a Proximidade do Poder Local.

Exatamente no dia em que se comemora a efeméride (12 de dezembro de 1976), fica aqui o trabalho que calcorreou terras da freguesia de Caria, concelho de Moimenta da Beira.  

domingo, 11 de dezembro de 2016

sábado, 10 de dezembro de 2016

«Notícia» - Mais um moimentense campeão nacional de Culturismo

Depois de Nuno Duarte, outro moimentense, Luís Miguel Duarte Correia, conquistou também um título nacional, o de Campeão de Men's Short's no Campeonato Nacional de Iniciados de Culturismo e Mens´s Short realizado recentemente em Lisboa.
“Já há muito que procurava este título”, lembra o campeão, que pratica culturismo desde os 18 anos de idade, e participa em provas, em categorias diferentes desde 2012. “Como a minha profissão esta ligada ao mundo do Fitness, é um bom alicerce”, fundamenta Luís Correia, que quer continuar a evoluir para poder “competir a nível a internacional”. Para isso, o campeão espera conseguir patrocínios, porque, diz, “este desporto não fica nada barato e até agora todo o investimento foi feito por mim”.
Luís Correia, atleta de Fitness do IFBB-Portugal, é licenciado em Desporto e Atividades físicas e instrutor de Fitness, e está atualmente a trabalhar como Técnico Superior de Desporto na Câmara Municipal de Moimenta da Beira.
Fonte:CMMB

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

«Divulgação» - Vem acender a nossa árvore de Natal

O Agrupamento de Escolas de Moimenta da Beira está desenvolver uma actividade chamada "Vem acender a nossa árvore de Natal".

Cada utilizador tem uma tentativa para tentar decifrar os desafios diários. Quando alguém descobre a solução para o desafio é acesa a lâmpada correspondente na árvore de Natal que está fixa no bloco 5 da escola secundária.

A página da actividade é http://natal.escolasmoimenta.pt/ e este projecto foi desenvolvido no âmbito das disciplinas da componente técnica do Curso Profissional Técnico de Electrónica, Automação e Comando (10º, 11º e 12º anos).

De 7 a 14 de dezembro irão aparecer vários desafios na página http://natal.escolasmoimenta.pt/.

Participe nesta actividade!



«Divulgação» - Moimenta da Beira comemora 40 anos de poder local democrático

Os 40 anos de poder local democrático em Moimenta da Beira vão ser assinalados no próximo dia 17 de Dezembro, numa cerimónia que terá lugar no auditório municipal Padre Bento da Guia. Para esta sessão pública, num gesto de tributo, a autarquia convidará todos os eleitos locais saídos das 11 eleições livres já realizadas nestas quatro décadas. Recorde-se que as primeiras eleições autárquicas livres realizaram-se a 12 de Dezembro de 1976.


“Dificilmente seria possível há quarenta anos atrás imaginar os objetivos cumpridos, os progressos feitos e onde nos encontramos hoje. Não apenas ao nível das infraestruturas, que eram quase inexistentes, mas também quanto à educação, à saúde, à ação social, à promoção do homem na sua integralidade, em suma, às oportunidades cada vez maiores e, muito especialmente, cada vez mais igualmente acessíveis a um número cada vez maior de cidadãos”, escreve o presidente da autarquia, José Eduardo Ferreira, no prefácio do livro “40 anos de poder local democrático (1976-2016) – 40 anos de Democracia, Liberdade e Desenvolvimento no concelho de Moimenta da Beira”.

A obra, que vai ser lançada nesta cerimónia evocativa, é da autoria do historiador Jaime Ricardo Gouveia (chancela das “Edições Esgotadas”), e aborda, nas suas 201 páginas, os antecedentes da Revolução dos Cravos e a transição para o regime democrático, e ainda a administração autárquica nas suas várias vertentes: política, infraestruturas, saúde e ambiente, população, cultura, educação e economia. O livro deixa ainda para o futuro os nomes de todos os eleitos locais (e quadros com os resultados numéricos e percentuais) dos 11 sufrágios já realizados desde 1976, e conta também passagens e relatos históricos desconhecidos da maior parte dos moimentenses.

Fonte: NoticiasViseu

«Desporto» - Jogos CDR





segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

«Divulgação» - Espumante ‘Terras do Demo’ na revista "Notícias Magazine"

A revista “Notícias Magazine”, que se publica ao domingo e é vendida com o JN e o DN, deu destaque na sua última edição (4 de dezembro) aos espumantes produzidos da região demarcada de Távora-Varosa: Raposeira, Murganheira e o Terras do Demo, da Cooperativa Agrícola do Távora (CAT), com sede em Moimenta da Beira, espumante que “está a entrar no mercado em força”, escreve Ricardo. J. Rodrigues, o jornalista autor do texto.  Entrevistado, o presidente da CAT, João Silva, diz que vai pôr à venda, este ano, “1,3 milhões de garrafas”.

Ou no site da Câmara Municipal de Moimenta da Beira: http://www.cm-moimenta.pt/frontoffice/pages/1035?news_id=743

Fonte: CMMB

domingo, 4 de dezembro de 2016

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

«Notícia» - Câmara celebra Dia Internacional dos Voluntários incentivando os munícipes ao voluntariado

Já há um número razoável de voluntários que presta serviço em instituições do concelho de Moimenta da Beira, mas no Dia Internacional dos Voluntários - que se comemora a 5 de Dezembro - no colóquio que celebrará a efeméride, e que terá lugar nesse dia, a partir das 14h30, no auditório da Biblioteca Municipal Aquilino Ribeiro, em Moimenta da Beira, vão ouvir-se vozes de incentivo aos munícipes para se tornarem voluntários, engrossando a lista atual.

O Dia Internacional dos Voluntários foi instituído em 1985 pela Organização das Nações Unidas, que define o voluntário como a pessoa que, devido ao seu espírito cívico, dedica parte do seu tempo, sem remuneração alguma, a diversas formas de atividades, organizadas ou não, de bem-estar social ou outros campos.

Na conferência comemorativa “O desafio do Voluntariado em Moimenta da Beira”, que será aberta pelo presidente da autarquia, José Eduardo Ferreira, participam como oradores convidados técnicos do Banco Local de Voluntariado, representantes da paróquia, do agrupamento de escolas, de uma instituição promotora de voluntariado e dois voluntários que darão testemunho na primeira pessoa.


Programa
14h30 – Abertura da Sessão
José Eduardo Ferreira (Presidente da CM de Mtª da Beira)

14h40 – Voluntariado: a relação visível entre a alegria de dar e a necessidade de receber
                Diamantino Duarte (Pároco de Mtª da Beira)

15h00 – O voluntariado transforma a escola e estimula os alunos
                Maria do Carmo Aires (Profª do Agrupamento de Escolas de Mtª da Beira)

15h20 – Apresentação do Banco Local de Voluntariado de Moimenta da Beira
                Alexandre Monteiro (Coordenador)
                Rosa Silva (Diretora Técnica da Artenave)

15h40 – A atividade dos voluntários na perspetiva de uma entidade acolhedora
                Imelda Coelho (Diretora Técnica da Santa Casa da Misericórdia)

16h00 – Os voluntários na primeira pessoa
                Cacilda Lopes (Voluntária da Casa do Povo de Leomil)
                Conceição Ferreira (Voluntária na Artenave)

16h20 – Debate
                Moderadora Sílvia Pinto (Diretora Técnica da AMAI)

16h40 – Encerramento
Susana Lemos (Vereadora da Ação Social da CM de Mtª da Beira)

«Divulgação» - Lançamento de documentário e livro dedicados a Aquilino Ribeiro

Um documentário e um livro que revisitam a obra de Aquilino Ribeiro e a casa onde viveu “e onde sempre regressou”, em Soutosa, Moimenta da Beira - hoje sede da Fundação (e casa-museu) com o seu nome - vão ser lançados no próximo dia 14 de Dezembro, às 17h30, numa cerimónia que terá lugar no auditório da associação “Baldios – Terras de Aquilino Ribeiro”, precisamente em Soutosa, freguesia de Peva, concelho de Moimenta da Beira. Tudo no âmbito do projeto literário e cultural “Escritores a Norte – Vidas com Obra em Casas d’Escritas” que a Direção Regional de Cultura do Norte concebeu e coordenou com vista a promover uma aproximação dos públicos aos escritores do Norte, partindo da sugestão de visitas, físicas ou virtuais, às suas casas, espaços de memória detentores dos seus espólios.

No projeto, que tem a chancela do produtor Mário Augusto (crítico de cinema da RTP), participam e dão testemunhos dois netos do escritor (Mariana e Aquilino Ribeiro Machado), o presidente da Câmara Municipal de Moimenta da Beira, José Eduardo Ferreira, e três distintos aquilinianos: Henrique Monteiro, ex-diretor do Expresso, Paulo Neto e Lima Bastos, ambos com obra publicada sobre o mestre.

Ao todo, são 12 escritores do norte (e as suas casas) que integram o projeto: Domingos Monteiro, Pina de Morais, Graça Pina de Morais e Lisa Pina de Morais (Casa das Quintans, em Mesão Frio); Camilo Castelo Branco (Casa de Camilo, em S. Miguel de Seide); Ferreira de Castro (Casa-Museu, em Ossela); Guerra Junqueiro (Casa Museu e Fundação Maria Isabel Guerra Junqueiro e Luís Pinto Mesquita Carvalho, no Porto); José Régio (Casa em Vila do Conde); Miguel Torga (Casa e Espaço Miguel Torga, em São Martinho de Anta); Aquilino Ribeiro (Casa-Museu e Fundação); Mário Cesariny (Fundação Cupertino de Miranda); e Eça de Queiroz (Fundação com a Casa de Tormes, eternizada por Eça em A Cidade e as Serras).